Viriditas de Hildegarda de Bingen

10 mai 2021

Reflexão sobre a canonização de Santa Hildegarda

Santa Hildegarda de Bingen, obra de Anne FRIANT 2015

Hoje, comemoramos uma data muito importante: a canonização de Santa Hildegarda de Bingen. Oficialmente, em 10 de maio de 2012, ela foi reconhecida pelo papa Bento XIV como santa da Igreja Católica porém, especialmente na Alemanha e Áustria, ela já era amorosamente chamada de santa.

Nove anos depois, Santa Hildergada e seu legado vem sendo mais conhecidos e divulgados em vários países do mundo, e agora, mais do que nunca, chegou a vez do Brasil e, de certa forma, dos países de Língua Portuguesa. Se você está lendo este texto, certamente é porque você se interessa por Santa Hildegarda e deseja conhecer mais sobre ela e o que ela nos deixou.

Contudo, neste dia de hoje, é importante lembrar que o fato de Hildegarda de Bingen ser reconhecida como santa não é um prêmio ou título de honra ao mérito. Não, a palavra santa está profundamente ligada ao caminho da busca pela santidade em que ela dedicou-se durante toda a sua vida. A palavra santa em frente ao nome de Hildegarda de Bingen é um convite à buscarmos o caminho da santidade em nossas vidas.

Por isso, nesta data de hoje, reflita nesta questão: O que eu busco em Santa Hildegarda e seu legado é «fazer parte de um movimento de moda» ou seguir um verdadeiro caminho rumo à santidade e ao Cristo? Todo o percurso que você fará junto à Santa Hildegarda de Bingen dependerá da resposta que você dará à si mesmo(a) para esta pergunta. O caminho da sua alma depende desta resposta que pertence apenas à você e à ninguém mais. A moda passa. Ela é efêmera. O caminho deixado por Santa Hildegarda permanecerá e transformará sua vida pois ele vem do Altíssimo e assim sendo, a presença do Divino deixará uma marca indelébil do Cristo em sua alma para todo o sempre – mas mesmo essa marca depende de sua resposta. Deus respeita e respeitará sempre a sua decisão, o seu livre-arbítrio.

Hoje, responda à essa pergunta e se sua resposta for a santidade, segure firme nas mãos de Santa Hildegarda que te conduzirá Áquele para quem tudo o que ela fez e tudo o que ela tornou-se foi-Lhe consagrado: o Cristo Jesus! E certamente, você jamais se arrependerá dessa escolha.

Feche seus olhos e veja: só de pensar em te ver caminhando para o Cristo, Santa Hildegarda te sorri agora…e ela te estende suas mãos amorosas.

Você aceita suas mãos?

Tenha um santo dia abençoado por Santa Hildegarda de Bingen.

Veruscka Rocha para Viriditas Brasil

10 de maio de 2021

Imagem: obra de Anne FRIANT, 2015 

Divulgaçao Permitida VIRIDITASBINGEN

 

Posté par viriditas à 03:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : ,


09 mai 2021

Jutta de Spanheim (ou Jutta von Sponheim)

IMG_1081Jutta recebe Hildegarda e seus pais.

Jutta nasceu em 1092 e ela tinha apenas 6 anos à mais do que Hildegarda de Bingen quando a encontrou. Ela era filha do Senhor de Spanheim, que possuía seu castelo perto de Bad Kreuznach1, às margens do rio Nahe2, portanto, não muito longe de onde morava a família de Hildegarda. Os Spanheim tinham uma boa relação com a família de Hildegarda e ambos eram nobres.

O pai de Jutta morreu quando ela ainda tinha 3 anos e sua mãe se ocupou sozinha de seus 3 filhos. Quando Jutta tinha 12 anos, ela ficou gravemente doente e sua cura foi mesmo um milagre.

Foi então que Jutta tomou uma decisão que mudaria completamente o curso de sua vida: apesar da pressão de sua família, ela expressa firmemente o desejo de tornar-se religiosa e recusa todos os pedidos de casamento que lhe foram propostos.

Decidida, Jutta procura o Arcebispo Ruthard de Mayence para lhe pedir que fosse consagrada e pudesse se tornar uma religiosa. Rapidamente, a reputação de Jutta - que vivia uma vida muito santa no convento de Disibodenberg - se alastra pela região fazendo com que muitas pessoas viessem procurá-la para ter conforto, conselhos e apoio.

IMG_8050Iluminura mostrando uma abadessa entre suas discípulas.

Porém, muito diferente da futura abadessa de Rupertsberg, ou seja, de Hildegarda, Jutta praticava um ascetismo3 extremo. Por certo, devido à essa razão e também por causa de sua saúde frágil, Jutta veio à falecer subitamente... Ela recusava-se comer carne e alimentava-se ainda mais frugalmente dos que os religiosos o faziam. Ela também ficava acordada em oração até altas horas da madrugada, muitas vezes, em jejum – Jutta jejuava imensamente e prolongava a regra de São Bento num tempo consideravelmente mais longo do que a própria regra especificava.

Além disso, Jutta praticava mortificações4 (algo que jamais passou pela cabeça de Hildegarda em fazê-lo ou recomendar aos outros que o fizessem) e colocava contra sua pele uma espécie de corrente com dentes que chegavam à entrar em seu corpo e lhe causar graves escarificações.

Infelizmente, Hildegarda descobriu isso muito tarde: foi somente na ocasião da morte de Jutta, no dia 22 de dezembro de 1136, no momento em que Hildegarda a despia para poder preparar seu corpo para os ritos funerários que ela descobriu que Jutta era adepta das mortificações. Esta experiência marcou Hildegarda profundamente – para sempre.

Notas: 

  1. Bad Kreuznach é uma cidade alemã próxima ao rio Nahe. A cidade é conhecida intercionalmente graças aos seus vinhos riesling, sylvaner e müller-thurgau;
  2. O Rio Nahe é um rio alemão, cuja nascente localiza-se no nordeste do estado alemão de Sarre. No seu percurso até o Rio Reno passa pela Renânia-Palatinado;
  3. Prática da abstenção de prazeres e até do conforto material, adotada com o fim de alcançar a perfeição moral e espiritual; caracteriza-se pela dieta rigorosa e pelos jejuns freqüentes que podem ser ou não acompanhados de flagelação ou mortificação. Preceito, moral ou comportamento de quem busca a perfeição espiritual, através dessa prática. O ascetismo pode ser encontrado em diversas religiões e doutrinas. Assim como Jutta, na Idade Média, muitos cristãos praticavam o ascetismo acompanhado de castigos físicos e flagelações;
  4. Mortificação da carne, a penitência a que os cristãos se entregam para amortecer as paixões. A mortificação cristã tem por fim neutralizar as influências malignas que o pecado original ainda exerce nas almas, inclusive depois que o batismo as regenerou.

Iluminura - Fonte:

London, BL MS Royal 6 E VI f. 27 Iluminura retratando uma abadessa e suas discípula. (ORIGINAL:  Only copy of Omne Bonum, an (incomplete) encyclopedia compiled by James Palmer in in the 3rd quarter of the 14th century and illustrated by AN Other. This is the illustration for (guess what) Abbatissa.)

Bibliografia:

- Textos do MUSEUM AM STROM de Bingen sobre a vida e obra de Hildegarda de Bingen (original em francês: Textes des tablettes de la nouvelle exposition permanente “Hildegarde de Bingen”);

- BREINDL Ellen, Hildegarde de Bingen: Une vie, une oeuvre, un art de guérir en âme et en corps, Editions Dangles, 2010

Agradecimentos:

Muito obrigada à Sarita Testoni por sua gentileza e colaboração na elaboração deste texto.

IMG_7685

06 mai 2021

Como conheci Santa Hildegarda de Bingen? Tudo começou...

Olá! Bem vindo ao ViriditasBingen, o blog onde você conhece um pouco mais sobre a vida, a obra e o legado de Santa Hildegarda de Bingen.

IMG_E4187

Eu me chamo Veruscka Rocha e tive o prazer de conhecer Santa Hildegarda em 2010, enquanto ainda era aluna de Arteterapia e estudava as mandalas com um objetivo terapêutico (mas bom, essa é outra história). Procurando saber um pouco mais sobre as mandalas cristãs, descobri que uma santa da Idade Média que chamava-se Hildegarda de Bingen havia realizado mandalas à partir das visões que teve, todas vindas da Luz Vivante (ou Luz Viva, se preferir).

Até então, eu nunca havia ouvido falar "nessa santa" e a primeira coisa que pensei foi: ‘Nossa! Que nome esquisito!’ Continuei lendo o livro1 que falava de suas mandalas e fiquei impressionada pela qualidade artística, a simbologia e claro, sua força espiritual. Decidi conhecer mais sobre essa mulher que, na época, embora já fosse conhecida (pelo menos aqui na Europa) e até chamada de santa, ainda não tinha sido canonizada2 , o que ocorreu em maio de 2012.

mandalas HB

Como já disse, fui procurar saber um pouco mais sobre ela e foi aí que descobri que Santa Hildegarda era uma santa de origem alemã3 - o que explicava um nome tão diferente (pelo menos, para mim). Descobri também que seu universo era muito maior do que eu imaginava! Li sobre sua vida e dei-me conta que santa Hildegarda de Bingen nos deixou um imenso legado que vai desde os textos teológicos, passando pela alimentação, medicina, plantas, pedras (minerais), "psicoterapia" dos vícios e virtudes, iluminuras, música e até mesmo uma língua ainda não completamente decifrada nos dias atuais: a Lingua Ignota4. E além de todo o seu legado, Santa Hildegarda foi uma presença importante para sua época (século XII), tendo trocado correspondências com os grandes nomes de sua época : de São Bernardo de Clareval até o imperador Frederico Barbarossa e mesmo o papa!5

IMG_E4186

Nesse mesmo ano (2010), eu fiz uma viagem para a cidade de Bingen e visitei o museu6, as igrejas7 e a Abadia de Santa Hildegarda8. E à partir daí, Santa Hildegarda tornou-se uma presença real em minha vida e posteriormente, em meu trabalho.

Mais tarde, muito animada com Santa Hildegarda, passei à falar dela para amigos e conhecidos no Brasil e com o tempo, percebi que praticamente ninguém a conhecia. E quando alguém a conhecia ou sabia algo sobre ela e sua obra, era o básico do básico do básico...

Foi então que eu senti "esse chamado" de fazer este blog e divulgar a vida e obra de Santa Hildegarda de Bingen focando principalmente no conteúdo pouco conhecido no Brasil e que, claro, seja fiel à Santa Hildegarda e sua obra. Passei à traduzir seus textos e colocar  algum material feito pelos profissionais que trabalham com seus escritos há anos - como o Dr. Wighard Strehlow9, por exemplo - além das fotos de viagens que fiz tanto à Bingen como outros lugares relacionados diretamente ou indiretamente com Santa Hildegarda.

O resultado de todo esse investimento foi que blog tornou-se um sucesso! E isso me deixa feliz sobretudo porque se as pessoas vêm aqui, elas buscam Santa Hildegarda de Bingen e procuram não apenas conhecê-la, mas também aplicar seus ensinamentos em suas vidas. Aplicar o que Hildegarda nos deixou é permitir a presença do Cristo transformando nossa alma e melhorando nossas vidas! 

Claro que muitas pessoas deixam recados aqui pedindo outras informações, receitas, querendo saber mais. É compreensível visto tudo o que Santa Hildegarda nos deixou! Eu gostaria de poder colocar muito mais conteúdo aqui mas muito do material de Santa Hildegarda ainda precisa ser traduzido para o português e acreditem, tudo isso exige muito muito tempo. E nem sempre eu consigo dar conta de toda a demanda. Contudo, o material postado aqui foi traduzido com muita atenção e dedicação. Em geral, as fontes apresentadas aqui são francesas pois o material que adquiro de Santa Hildegarda é, na sua maioria, em francês.

Com o crescimento do blog e também, com o passar do tempo, senti a necessidade de aperfeiçoar meu conhecimento em relação à Santa Hildegarda e ao legado que ela nos deixou: assisti as conferências do Padre Dumoulin10 (especialista de Santa Hildegarda de Bingen na França), fiz um curso com a naturopata hildegardiana Laurence Mayaud11, estive no 1° Encontro12 de Hildegarda de Bingen na França e mais tarde, concluí o curso profissionalizante de Conselheira Hildegardiana no Institut Hildegardien13, na Bretanha. Hoje, trabalho como arteterapeuta e conselheira hildegardiana. Na verdade, eu me apresento como terapeuta hildegardiana pois uso o trabalho arteterapêutico unido aos conselhos hildegardianos. Porém, jamais parei com o meu trabalho com as mandalas e seus diferentes universos - sempre com um olhar terapêutico. Também estudo iluminura14 com a iluminadora Marie-France Parronchi com quem aprendi muito sobre o pensamento simbólico medieval, que me permitiu compreender mais santa Hildegarda e seu tempo.

HB

Atualmente, além do meu trabalho, continuo com as postagens nesse blog que confesso, estão um pouco mais espaçadas pois a preparação do conteúdo e traduções feitas aqui exigem tempo e busco conciliar tudo isso com minha vida pessoal e profissional de maneira equilibrada - como pede Santa Hildegarda. Desculpo-me desde já com a demora nos retornos pois nem sempre consigo ser pontual em responder as mensagens que recebo porém, saiba que procuro sempre respondê-las "antes tarde do que nunca".

Enfim, para concluir, eu termino com as palavras de minha irmã que me disse certa vez: "Você vai precisar uma vida inteira para estudar tudo de Santa Hildegarda." E sabe de uma coisa? Ela tem razão: é bem por aí mesmo! Depois de todo esse tempo, eu acredito que só estou começando agora...

Que Santa Hildegarde nos guarde e nos oriente sempre!

Veruscka Rocha

Notas:

1. Susanne F. FINCHER, La voie du mandala - Comment créer et interpréter vos propres mandalas, Editions Dangles, 2013.

2. Veja mais em 10 de maio: Canonização de Santa Hildegarda de Bingen 

3. Na verdade, pode-se dizer que santa Hildegarda é de origem germânica pois a Alemanha tal como a conhecemos hoje, ainda não existia. Porém, por convenção e praticidade, dizemos que ela é alemã (o que na verdade, a meu ver não muda nada.)

4. Língua criada por santa Hildegarda de Bingen, composta de 23 letras, supostamente utilizada por razões místicas. Porém, ainda não pode-se afirmar isto com certeza pois pouco sabe-se sobre essa língua utilizada por Hildegarda de Bingen e suas irmãs.

5. Hildegarde de BINGEN, Lettres, Jerôme Milan.

6. Conheça o MUSEUM STROM neste artigo do blog: AQUI e também na categoria que lhe é consagrada: BINGEN: Museu de Santa Hildegarda 

7. Retábulo de Santa Hildegarda de Bingen na Capela São Roque, em Bingen e a Igreja Paroquial, em Eibingen.

8. A Abadia de Santa Hildegarda fica em Rüdesheim am Rhein, ao lado de Bingen.

9. Dr. Wighard Strehlow - doutor em Ciências, Químico e Naturopata. Ele é a referência mundial na Medicina Hildegardiana que vem praticando com sucesso ha mais de 20 anos.

10. Conheça o Padre Dumoulin neste artigo do blog: AQUI

11. Veja mais sobre Laurence Mayaud: AQUI

12. Veja o 1° Encontro (Forum Hildegardien) Hildegardiano na França AQUI e conheça Saumur, a cidade que hospeda este encontro AQUI.

13. Descubra o Institut Hildegardien neste artigo AQUI no blog.

14. Conheça o que é uma Iluminura AQUI e veja mais na categoria ILUMINURAS aqui neste blog. Conheça a iluminadora Marie-France Parronchi, suas ilumninuras e o trabalho de nosso grupo de iluminadores: AQUI.

Divulgaçao Permitida VIRIDITASBINGEN

 

 

 

 

 

 

Posté par viriditas à 03:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , ,

A abadia de DISIBODENBERG

IMG_1058Muito antes de acolher Jutta e Hildegarda, a abadia de Disibodenberg já era um local de vida religiosa. Foi no século VI ou VII que seu fundador – Santo Disibod1 – instalou-se nessa colina mas é bem provavel que já houvesse um mosteiro beneditino no local nessa época. Mais tarde, com a morte de Santo Disibod e a difusão de seus milagres, o local ganhou fama e por volta do século XI ou XII, o mosteiro ganhou o nome de Santo Disibod.

Durante uma grande reforma dos mosteiros, o arcebispo Willigis de Mayence (975-1011) fez com que 1105 monges beneditinos da abadia de Santiago de Mayence viessem a Disibodenberg. Foi nesse período que as obras destinadas à ampliação do mosteiro iniciaram e se prolongaram durante 40 anos. Tudo o que sabemos à respeito do fundador dessa abadia, ou seja, Santo Disibod, provém do Vita2 que Hildegarda começou à escrever após sua partida de Disibodenberg - à pedido dos monges.

Através desses escritos, sabemos que Disibod foi um padre irlandês de origem nobre e que em razão de seu bom coração e da sua compaixão, veio à tornar-se bispo. Porém, se sua compaixão era apreciada pelos fiéis, seus adversários eram muito menos piedosos do que ele e esta foi a razão que levou Santo Disibod à renunciar ao seu bispado no final de 10 anos.

Santo Disibod deixa seu país e depois de uma longa peregrinação, ele escolhe finalmente viver sozinho no local que se tornaria mais tarde, Disibodenberg:Cansado das perpétuas piadas do povo, ele decide tomar o caminho do Reno, desvia a sua trajetória, atravessa várias paisagens longínquas e chega a um novo rio que se chama Glan3. Depois de atravessar esse rio, ele vê uma colina alta e florestada, ele a escala e se instala e cansado de seus 10 anos de peregrinação, ele permanece neste local. Inspirado pelo Espírito Santo, ele diz a seus 3 amigos Giswald, Clemens e Sallust, que o tinham o acompanhado desde a Irlanda: “É aqui o meu local de repouso.”4

IMG_1060

Hildegarda descreve igualmente as várias curas e milagres que Santo Disibod realizou assim como a sua devoção incansável com os pobres e os necessitados.

Santo Disibod foi rapidamente elevado ao estatuto de santo. Pessoas vinham de todos os lugares buscar o seu conselho e sua santidade espalhou-se muito além de sua colina. Mais tarde, outros monges decidiram fazer parte de seu mosteiro.

IMG_1062A entrada de Hildegarda no convento de Disibodenberg ocorre em 1112 e marca o início de uma fase que duraria aproximadamente 30 anos. Infelizmente, não há quase nenhum documento desse período nos dias de hoje. Por essa razão, é difícil de imaginar (com exatitude) a vida cotidiana de Hildegarda e a maneira como ela vivia nessa época.

Na vida dentro de um mosteiro, de uma maneira geral, as religiosas viviam verdadeiramente reclusas segundo a regra do local ou então, elas viviam de maneira um pouco semelhante à vida que as religiosas levam num convento em nossos dias atuais. Nesse caso, as religiosas possuíam um pouco mais de liberdade dentro e fora do mosteiro do que as religiosas que viviam reclusas. Porém, Hildegarda foi muito além da vida de uma simples religiosa do século XII!

Hildegarda foi - durante 12 anos - a testemunha ocular de uma fase de importantes mudanças e ampliações na imensa região de Disibodenberg. Várias construções se levantaram: uma nova igreja (consagrada em 1143) e vários outros edifícios funcionais.

Após a morte prematura da abadessa Jutta de Spanheim em 1136, Hildegarda se tornou responsável pela comunidade das irmãs em Disibodenberg. Ela trará uma nova vida ao mosteiro que até então, estava habituado à uma maneira de viver extremamente ascética (legado dos predecessores que dirigiram a comunidade).

Notas:

Saiba mais sobre as Ruínas de Disibodenberg AQUI.

  1. Disibod foi um monge, eremita e santo da Irlanda, mencionado pela primeira vez no martirológio de Hrabanus Maurus (século IX). Transferiu-se para o Reino dos Francos em 640 como missionário acompanhado por seus discípulos Giswald, Clemens e Sallust. Trabalhou na região de Vosges e Ardennes, e por uma visão que teve em um sonho, ergueu um eremitério na confluência dos rios Nahe e Glan, onde mais tarde foi construído o Mosteiro de Disibodenberg. Sua biografia foi escrita no século XII por Santa Hildegarda de Bingen, mas sua fiabilidade histórica não é reconhecida;
  2. No Cristianismo, um Vita (do latim vita: vida) é um livro onde são relatados a vida e os milagres de um santo;
  3. O Glan é um rio de aproximadamente 68 km na Alemanha. Ele segue até o norte pela Renânia-Palatina até o rio Nahe, em Odernheim am Glan, próximo à Bad Sobernheim. Este rio também atravessa as cidades de Altenglan, Glan-Münchweiler, Lauterecken e Meisenheim;
  4. Traduzido livremente do francês: “Fatigués de moqueries perpétuelles du peuple, il se hâta de prendre le chemin du Rhin, dévia sa trajectoire, traversa ces paysages reculés et atteignit le fleuve appelé Glan. Après avoir traversé ce cours d’eau, il vit une colline très haute et boise, Il l’escalada, s’installa, fatigué de ses dix années de pèlerinage, et s’y arrêta. Inspiré par l’Esprit saint, il dit a ses trois compagnons, Giswald, Clemens et Sallust, qui l’avaient suivi depuis l’’Irlande: “C’est là qu’est mon repos.

Bibliografia:

- Textos do MUSEUM AM STROM de Bingen sobre a vida e obra de Hildegarda de Bingen (original em francês: Textes des tablettes de la nouvelle exposition permanente “Hildegarde de Bingen”);

- BREINDL Ellen, Hildegarde de Bingen: Une vie, une oeuvre, un art de guérir en âme et en corps, Editions Dangles, 2010.

Agradecimentos:

Muito obrigada à Sarita Testoni por sua gentileza e colaboração na elaboração deste texto.

IMG_7685

03 mai 2021

BANHO DE LAVANDA

RECEITA PARA O BEM-ESTAR & CONTRA O ESTRESSE E TENSOES COTIDIANAS

IMG_7616

BANHO DE LAVANDA1

10 gotas de óleo essencial de lavanda2

2 colheres (sopa) de dispersante de óleo essencial ou leite

Encha a banheira de água, coloque o dispersante ou o leite e em seguida, pingue 10 gotas do óleo essencial de lavanda. Misture tudo, entre na água e fique bem relaxado(a) por 20 minutos para aproveitar o máximo possível de todo o bem-estar desse momento, e claro, das excelentes qualidades da lavanda.

Se possível, faça este banho antes de ir deitar-se. 

IMG_7615

Notas: 

1. Lavandula vera;

2. óleo essencial de lavandula vera ou angustifolia.

IMG_7614

❗️Atenção - MUITO IMPORTANTE: Procure um óleo essencial de qualidade e confiança. Use-o com discernimento e conforme está descrito acima (não coloque mais gotas do que necessário). Não deve ser utilizado puro sobre a pele sob risco de alergia e/ou queimaduras. Em contato ocasional com olhos, retire o excesso previamente com algum oléo vegetal (oliva, girassol, nozes etc) para em seguida, lavar com água. Na dúvida, procure um conselho médico e/ou de um especialista e/ou (sobretudo) de um aromaterapeuta competente.

IMG_0486

Posté par viriditas à 03:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , ,


02 mai 2021

Jornada de Oração no Instagram

Jornada de Oraçao

Divulgaçao Permitida VIRIDITASBINGEN

Posté par viriditas à 17:28 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : ,

30 avril 2021

25. Esquecimento de Deus x Santidade - Psicoterapia de Hildegarda de Bingen

IMG_7676O Esquecimento de Deus e a Sabedoria são o 25° vício e virtude relatados por Hildegarda de Bingen e fazem parte do IV Grupo.

 

A VISÃO DE HILDEGARDA

Na visão de Hildegarda de Bingen, o Esquecimento de Deus aparece como um lagarto com suas patas dianteiras postas sobre uma nuvem negra de tempestade. Ele diz: "Porque Deus não quer saber de mim e eu não sei nada Dele, eu faço aquilo que eu quero."

Não há uma descrição exata da Santidade mas ela aparece como uma alegoria de luz de grande beleza! No entanto, podemos imaginá-la como uma guerreira de luz pois ela mesmo diz: "Eu sou filha de Deus, uma chefe da milícia celeste que realiza a obra de Deus sobre a terra."

 

ESQUECIMENTO DE DEUS x SANTIDADE: separação e união com Deus

Este lagarto preocupa-se somente com seu ego, como demonstra bem a sua fala: "...eu faço aquilo que eu quero." Ele vive as preocupações e prazeres do mundo pois conta apenas consigo e procura sempre realizar as exigências de seu ego. Fazendo assim, ele pensa ser responsável e estar fazendo a coisa certa. Ele conta apenas consigo, sua inteligência e seu conhecimento e acaba por enganar à si mesmo. Ele esqueceu-se de Deus.

Quantas vezes isto também acontece conosco: contamos apenas com aquilo que já conhecemos, na ilusão de estar fazendo o certo quando, na verdade, o certo é agir em comunhão com Deus e nunca separado Dele.

O homem é co-criador e sendo filho de Deus, ele é uma grande criatura entre as demais criaturas! Porém, somos ainda muito pequenos diante da grandiosidade do Criador e em comparação ao Pai, nossa visão de campo assim como nossa inteligência e conhecimento são ainda muito limitados para que possamos encontrar todas as soluções que precisamos no momento! No entanto, quando reconhecemos essa limitação e buscamos sinceramente a Santidade em nossas vidas, nós nos unimos à Fonte Ilimitada de Amor, Alegria e Poder - que é Deus - e somos profundamente transformados. É nesse momento que a cura verdadeira entra em nossas vidas e que todas as soluções aparecem!

A Santidade nos traz a resposta para os momentos de nossas vidas em que ficamos tão preocupados com as coisas do mundo e com o que o futuro nos reserva, que esquecemos completamente que Deus tudo provê! Ela diz: "Para lembrar de Deus, eu confio em Seus planos e avanço por Seus Caminhos." Ela faz prova de humildade e obediência.

A Santidade escolhe confiar e obedecer à Deus e desta forma, ela nos ensina que devemos nos entregar ao nosso Pai Celestial  assim como a criança pequena se entrega com total confiança e abandono nos braços de seus pais amados. 

 

PSICOTERAPIA DE HILDEGARDA DE BINGEN: Lembre-se de sua origem divina

Enfim, quando entregamos  nossas preocupações, dúvidas e medos à Deus e confiamos Nele, as soluções aparecem e a vida traz naturalmente as respostas e abre novos caminhos de tal maneira e com uma tal sabedoria que jamais poderíamos sequer ter imaginado tamanha perfeição em nossa mente humana! Quando escolhemos caminhar unidos à Deus, não há  grito, nem choro ou ranger de dentes; há a Providência Divina trabalhando para o nosso bem-estar, nossa evolução e salvação.

É preciso lembrar nossa origem divina: de onde viemos e para onde vamos e ver além das aparências materiais que nos envolvem mesmo que vivamos nesse mundo. Esquecer de Deus significa afastar-se da origem divina que é a nossa própria e profunda essência interior. Na verdade, quando nos esquecemos de quem somos, nos perdemos de nós mesmos e de nosso caminho.

Quem é você? Você se lembra de sua origem divina?

Nesse momento, a Santidade te convida à lembrar de Deus. Para começar, você pode aceitar seu convite lembrando quem você é: Quem é o seu verdadeiro EU na intimidade do seu ser? Quais são  os anseios de sua alma?

É importante que você responda sinceramente e conscienciosamente às estas perguntas. Tudo o que a Alma mais deseja é estar profundamente ligada ao seu Criador; seus anseios caminham sempre com os planos de Deus em sua vida. Se você conseguir responder às estas perguntas, você iniciará a sua caminhada rumo à um real encontro consigo mesmo e suas memórias. Peça à Deus que Ele te guie em direção do caminho que te reconduzirá à Ele e, consequentemente, à você. Nada tema. Com Deus, você está em segurança.

Lembre-se sempre que você é essência divina, filha ou filho do Altíssimo, o Criador! Você tem um Pai que te ama profundamente e que jamais te abandonará pois Ele nunca abandona Seus filhos.

E hoje, neste exato momento, teu Pai te chama para unir-se à Ele e começar uma nova vida.

 

REFLEXÃO

Reflita nestas palavras da Santidade: "Lembre-se do teu Criador! Quem te deu a vida? Você não compreende que somente Deus está na origem de tua existência? E somente Deus pode te dar tudo o que você precisa para viver? Abra os olhos e você verá que há mais do que o necessário; há roupas e comida em abundância. Você vê crescer todas as coisas mas ignora como elas crescem. Não existe ninguém sobre a terra que domine a vida ou a nutra e que possa dar vida à um morto. Apenas Deus é capaz de fazer tudo isso."

Guarde as palavras da Santidade em seu coração e busque sentir a sabedoria profunda que elas trazem. Aplique esta sabedoria na sua vida cotidiana e com certeza, você verá os frutos da Santidade em sua vida e sobretudo, dentro de você.

 

CONSELHOS DE HILDEGARDA DE BINGEN: Silêncio

A pessoa que vive no Esquecimento de Deus pensa demais! Como ela é incapaz de entregar seu fardo ao Senhor, ela pensa e pensa e pensa em todas as soluções e situações possíveis para resolver seus problemas e lidar com sua vida e talvez, também com a vida de seus próximos. Agindo obstinadamente desta forma, ela gasta uma grande parte da sua energia mental "andando em círculos" pois vive na ilusão que encontrará soluções externas que finalmente não resolvem nada!

Para essas pessoas, Hildegarda de Bingen recomenda o silêncio. Ela aconselha que a pessoa que vive esse tipo de situação procure um local retirado, de preferência, junto à natureza e passe algum tempo completamente sozinha, em silêncio.

Longe da alienação do mundo e da prisão dos hábitos cotidianos, a pessoa que vive no Esquecimento de Deus poderá finalmente escutar a sua voz interior e reatar com a sua verdade. Ela será capaz de escutar Deus dentro de si pois Ele fez Sua morada dentro de cada um de nós. Ele vive dentro de nós!

Caso seja difícil, no momento atual, retirar-se para algum lugar isolado, busque ficar em silêncio alguns instantes do dia num ambiente tranquilo e seguro, onde você possa ficar sozinho(a). Durante este período em que você busca curar-se deste vício,  evite lugares onde haja muito barulho e multidões e privilegie passeios e caminhadas em lugares com muito verde e natureza. Aprecie o belo da natureza e sinta a energia de viriditas que ela te oferece tão generosamente entrar dentro de você, "carregar suas baterias", alimentar seus pulmões, enfim, animar e curar todo o seu ser. 

 

AÇÃO NO DIA-Á-DIA

Mudar nem sempre é fácil mas é necessário para que você possa sair do vício em direção à virtude da Santidade. Por isso, coloque em prática as mudanças que deseja em sua vida, sem pressa e pressão, mas de maneira humilde e constante. Pratique a obediência ao Senhor e faça aquilo que deve ser feito e que trará a cura para sua alma e em consequência, para seu corpo. Respeite o seu processo e saiba que tudo tem seu tempo, por isso, tenha paciência e foque no objetivo à ser atingido, principalmente nos momentos de desânimo e dúvida. A borboleta pode voar porque antes ela passou por um longo processo de transformação interior que resultou em sua mudança exterior. E, ela precisou passar por esse processo pacientemente pois corria o risco de ter suas asas atrofiadas caso não respeitasse o seu tempo de transformação. Assim também acontece com cada um de nós. Trabalhe por você colocando em prática as mudanças necessárias em sua vida e respeite o tempo que é preciso para que essas mudanças se transformem em hábitos sãos tanto para sua alma quanto para o seu corpo.

 

ORAÇÃO 

Precisamos sempre refletir e lembrar nossa origem divina! Hildegarda de Bingen nos deixou a Oração do Topázio Imperial, que nos une de maneira especial ao Criador e nos leva ao encontro  Daquele que nos sustenta e nos ama

Pela manhã, segure um Topázio Imperial junto ao seu coração e ore:

"Ó Deus que é glorificado sobre tudo e todas as coisas, por amor por mim, não me rejeite longe de Tua presença, mas por Tuas bençãos, sustente-me, fortaleça-me e seja um comigo." 

"Quanto mais você rezar esta prece, mais o mal será removido de você." Hildegarda de Bingen

Esta oração pode e deve ser feita por todos que a desejarem mas ela deve ser particularmente orada por aqueles que sofrem do vício do Esquecimento de Deus pois estes precisam se lembrar de sua origem divina e unir-se ao Criador do qual encontram-se separados em razão do vício que lhes perturba a alma.

Hildegarda deixou-nos grandes conhecimentos sobre o poder curativo dos minerais.  Hoje em dia, na Litoterapia, o Topázio Imperial é uma pedra conhecida por acalmar e harmonizar os nervos mas Hildegarda viu nela outras forças curativas tanto para a alma como para o corpo

Se você desejar saber um pouco mais sobre o Topázio Imperial, clique AQUI.

Para a Oração do Topázio Imperial, clique AQUI.

 

MEDITAÇÃO

O medo da falta e do porvir contribuem para reforçar o Esquecimento de Deus. Isso acontece porque concentramos nosso foco  e  nossos pensamentos nas necessidades materiais e mundanas do dia-à-dia e esquecemos que tudo vem de Deus e tudo nos será dado. Para relembrar que somos filhas e filhos de um Pai Provedor, reflita na sabedoria do Salmo 23. Leia, releia e medite para o conforto e a compreensão de sua alma quantas vezes forem necessárias:

"O Senhor é o meu pastor e nada me faltará.

Deita-me em verdes pastos e guia-me mansamente em águas tranqüilas.

Refrigera a minha alma, guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque Tu estás comigo, a Tua vara e o Teu cajado me consolam.

Prepara-me uma mesa perante os meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida e habitarei na casa do SENHOR por longos dias."

 

 

LEITURA

A leitura de outras passagens da Bíblia pode se mostrar positiva na busca da Santidade em nossas vidas e particularmente, na cura contra o vício do Esquecimento de Deus:

Salmos 105, 1-7

"Dêem graças ao Senhor, proclamem o seu nome; divulguem os seus feitos entre as nações. Cantem para ele e louvem-no; relatem todas as suas maravilhas. Gloriem-se no seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam o Senhor. Recorram ao Senhor e ao seu poder; busquem sempre a sua presença. Lembrem-se das maravilhas que ele fez, dos seus prodígios e das sentenças de juízo que pronunciou, ó descendentes de Abraão, seu servo, ó filhos de Jacó, seus escolhidos. Ele é o Senhor, o nosso Deus; seus decretos são para toda a terra."

Salmos 106

"Aleluia! Dêem graças ao Senhor porque ele é bom; o seu amor dura para sempre. Quem poderá descrever os feitos poderosos do Senhor, ou declarar todo o louvor que lhe é devido? Como são felizes os que perseveram na retidão, que sempre praticam a justiça! Lembra-te de mim, Senhor, quando tratares com bondade o teu povo; vem em meu auxílio quando o salvares, para que eu possa testemunhar o bem-estar dos teus escolhidos, alegrar-me com a alegria do teu povo, e louvar-te junto com a tua herança. Pecamos como os nossos antepassados; fizemos o mal e fomos rebeldes. No Egito, os nossos antepassados não deram atenção às tuas maravilhas; não se lembraram das muitas manifestações do teu amor leal e rebelaram-se junto ao mar, o mar Vermelho. Contudo, ele os salvou por causa do seu nome, para manifestar o seu poder. Repreendeu o mar Vermelho, e este secou; ele os conduziu pelas profundezas como por um deserto. Salvou-os das mãos daqueles que os odiavam; das mãos dos inimigos os resgatou. As águas cobriram os seus adversários; nenhum deles sobreviveu. Então creram nas suas promessas e a ele cantaram louvores. Mas logo se esqueceram do que ele tinha feito e não esperaram para saber o seu plano. Dominados pela gula no deserto, puseram Deus à prova nas regiões áridas. Deu-lhes o que pediram, mas mandou sobre eles uma doença terrível. No acampamento tiveram inveja de Moisés e de Arão, daquele que fora consagrado ao Senhor. A terra abriu-se, engoliu Data e sepultou o grupo de Abirão; fogo surgiu entre os seus seguidores; as chamas consumiram os ímpios. Em Horebe fizeram um bezerro, adoraram um ídolo de metal. Trocaram a Glória deles pela imagem de um boi que come capim. Esqueceram-se de Deus, seu Salvador, que fizera coisas grandiosas no Egito, maravilhas na terra de Cam e feitos temíveis junto ao mar Vermelho. Por isso, ele ameaçou destruí-los; mas Moisés, seu escolhido, intercedeu diante dele, para evitar que a sua ira os destruísse. Também rejeitaram a terra desejável; não creram na promessa dele. Queixaram-se em suas tendas e não obedeceram ao Senhor. Assim, de mão levantada, ele jurou que os abateria no deserto e dispersaria os seus descendentes entre as nações e os espalharia por outras terras. Sujeitaram-se ao jugo de Baal-Peor e comeram sacrifícios oferecidos a ídolos mortos; provocaram a ira do Senhor com os seus atos, e uma praga irrompeu no meio deles. Mas Finéias se interpôs para executar o juízo, e a praga foi interrompida. Isso lhe foi creditado como um ato de justiça que para sempre será lembrado, por todas as gerações. Provocaram a ira de Deus junto às águas de Meribá; e, por causa deles, Moisés foi castigado; rebelaram-se contra o Espírito de Deus, e Moisés falou sem refletir. Eles não destruíram os povos, como o Senhor tinha ordenado, em vez disso, misturaram-se com as nações e imitaram as suas práticas. Prestaram culto aos seus ídolos, que se tornaram uma armadilha para eles. Sacrificaram seus filhos e suas filhas aos demônios. Derramaram sangue inocente, o sangue de seus filhos e filhas sacrificados aos ídolos de Canaã; e a terra foi profanada pelo sangue deles. Tornaram-se impuros pelos seus atos; prostituíram-se por suas ações. Por isso acendeu-se a ira do Senhor contra o seu povo e ele sentiu aversão por sua herança. Entregou-os nas mãos das nações, e os seus adversários dominaram sobre eles. Os seus inimigos os oprimiram e os subjugaram com o seu poder. Ele os libertou muitas vezes, embora eles persistissem em seus planos de rebelião e afundassem em sua maldade. Mas Deus atentou para o sofrimento deles quando ouviu o seu clamor. Lembrou-se da sua aliança com eles, e arrependeu-se, por causa do seu imenso amor leal. Fez com que os seus captores tivessem misericórdia deles. Salva-nos, Senhor, nosso Deus! Ajunta-nos dentre as nações, para que demos graças ao teu santo nome e façamos do teu louvor a nossa glória. Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, por toda a eternidade. Que todo o povo diga: "Amém! " Aleluia!"

Salmos 111

"Aleluia! Darei graças ao Senhor de todo o coração na reunião da congregação dos justos. Grandes são as obras do Senhor; nelas meditam todos os que as apreciam. Os seus feitos manifestam majestade e esplendor, e a sua justiça dura para sempre. Ele fez proclamar as suas maravilhas; o Senhor é misericordioso e compassivo. Deu alimento aos que o temiam, pois sempre se lembra de sua aliança. Mostrou ao seu povo os seus feitos poderosos, dando-lhes as terras das nações. As obras das suas mãos são fiéis e justas; todos os seus preceitos merecem confiança. Estão firmes para sempre, estabelecidos com fidelidade e retidão. Ele trouxe redenção ao seu povo e firmou a sua aliança para sempre. Santo e temível é o seu nome! O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; todos os que cumprem os seus preceitos revelam bom senso. Ele será louvado para sempre!"

Provérbios 3

"Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem. Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal. Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos. Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares. Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino. Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela. Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra. Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz. É árvore de vida para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm. O Senhor, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus. Pelo seu conhecimento se fenderam os abismos, e as nuvens destilam o orvalho. Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos: guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; Porque serão vida para a tua alma, e adorno ao teu pescoço. Então andarás confiante pelo teu caminho, e o teu pé não tropeçará. Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares. Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier. Porque o Senhor será a tua esperança; guardará os teus pés de serem capturados. Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. Não digas ao teu próximo: Vai, e volta amanhã que to darei, se já o tens contigo. Não maquines o mal contra o teu próximo, pois que habita contigo confiadamente. Não contendas com alguém sem causa, se não te fez nenhum mal. Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos. Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sinceros ele tem intimidade. A maldição do Senhor habita na casa do ímpio, mas a habitação dos justos abençoará. Certamente ele escarnecerá dos escarnecedores, mas dará graça aos mansos. Os sábios herdarão honra, mas os loucos tomam sobre si vergonha."

Eclesiasticos 12, 1-7

"Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que você dirá: "Não tenho satisfação neles"; antes que se escureçam o sol e a luz, a lua e as estrelas, e as nuvens voltem depois da chuva;
quando os guardas da casa tremerem e os homens fortes caminharem encurvados, e pararem os moedores por serem poucos, e aqueles que olham pelas janelas enxergarem embaçado;
quando as portas da rua forem fechadas e diminuir o som da moagem; quando o barulho das aves o fizer despertar, mas o som de todas as canções lhe parecer fraco; quando você tiver medo de altura, e dos perigos das ruas; quando florir a amendoeira, o gafanhoto for um peso e o desejo já não se despertar. Então o homem se vai para o seu lar eterno, e os pranteadores já vagueiam pelas ruas. Sim, lembre-se dele, antes que se rompa o cordão de prata, ou se quebre a taça de ouro; antes que o cântaro se despedace junto à fonte, a roda se quebre junto ao poço, 
o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu."

I Coríntios 11, 23-26 

"Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice, anunciais a morte do Senhor, até que venha."


CONSIDERAÇÕES FINAIS

Este processo terapêutico hildegardiano e espiritual permitirá à reintegração do centro de Santidade dentro de você, combatendo assim o vício que escureceu a sua alma. 

A Santidade presente dentro de você restabelecerá uma nova ordem divina em sua vida e te permitirá ter um ganho maior de energia e alegria, antes abalados pelo vício.

Tendo recuperado seu bem-estar tanto físico como emocional, a sua integridade renova-se, sua produtividade aumenta e uma nova vida re-começa dentro e fora de você. 

IMG_7674

Bibliografia:

1. STREHLOW Wighard, La Guérison du Corps et de l'Esprit selon Hildegarde de Bingen, Éditions Dangles, 2002;

2. MACHETEAU Sophie, Les pierres de Notre bien-être selon Hildegarde de Bingen, Rústica Éditions, 2018;

3. BINGEN Hildegarde, Les Mérités de la Vie.

IMG_7666IMG_7664

26 avril 2021

CAMINHAR - ATIVIDADE FÍSICA x SEDENTARISMO

IMG_7607

Caminhar pode ser uma ótima solução para você que não pode ou não tem tempo de praticar algum esporte ou atividade física.

Hildegarda de Bingen nos explica em seus escritos que o quinto sentido encontra-se nos pés!

Veja o que ela diz à esse respeito:

"Aquele que não se serve de seus pés, fica exposto à doença e à preguiça intelectual."

Tudo é dito nesta simples frase!

Então, se você não tem tempo para fazer algum esporte e/ou alguma atividade física, procure, ao menos, caminhar o de quer que você esteja, mesmo que seja entre 15 à 20 minutos por dia (já é muito melhor do que nada)!

Caminhar é bom para o coração, para a circulação sanguínea e também ajuda na fixação do cálcio no organismo.

Além disso, caminhar é uma atividade desestressante no final de um dia duro de trabalho e/ou estudo.

Caminhar 1h por dia, se possível, num ambiente próximo à natureza, é extremamente eficaz para manter o organismo e a mente em boa saúde, mas a caminhada ajuda o organismo em muitas outras coisas:

- colabora com a regeneração do sistema imunológico;

- diminui o stress;

- normaliza a tensão;

- melhora tanto as performances cardíacas como pulmonares;

- estimula (num todo) o metabolismo;

- tranquiliza a alma;

- acalma a mente;

- contribui ao desenvolvimento da criatividade...

...além de muitos outros benefícios.

Ou seja, caminhar e/ou fazer uma outra atividade física sem exageros (pois Santa Hildegarda sempre preconiza a moderação em tudo o que fazemos, só pode te fazer bem!

Nota:*"Celui qui ne se sert pas de ses pieds, s'expose à la maladie et à la paresse intellectuelle."

Fonte: Institut Hildegardien, Vannes, França.

IMG_3949

Posté par viriditas à 03:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , ,

24 avril 2021

O QUE BEBER SEGUNDO SANTA HILDEGARDA DE BINGEN

Veja aqui as bebidas utilizadas por Santa Hildegarda. Claro, ela não fala de todas as bebidas, como os sucos, por exemplo. E as bebidas alcólicas não tem um uso "por prazer" mas essencialmente "curativo". Antes de tudo, são consideradas  remédios para cuidar do nosso organismo. No caso do vinho, ele é sempre utilizado fervido, o que já não acontece com a cerveja.IMG_1532

IMG_0986

Posté par viriditas à 07:53 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags :