IMG_4707

A canonização de Santa Hildegarda de Bingen foi complicada e levou muito tempo para acontecer. Apesar disso, seu nome já aparecia no Martyrologum Romanum (registro oficial de mártires e santos) publicado em 1583. 

Embora Hildegarda de Bingen fosse considerada santa ainda em vida, ela só seria canonizada 8 séculos depois. Várias tentativas de canonização foram feitas logo após sua morte, mas todas restaram infrutíferas - sem uma explicação convincente para isso para a maioria delas.

E finalmente, no dia 10 de maio de 2012, Hildegarda de Bingen foi declarada santa pelo papa Bento XVI - encerrando aí um longo processo de canonização.

Também, no dia 7 de outubro de 2012, o papa Bento XVI declara Santa Hildegarda de Bingen como Doutora da Igreja, um título que a Igreja atribui aos fiéis que se tenham distinguido pela santidade de vida, ortodoxia doutrinal, sabedoria e que contribuíram com um conhecimento excepcional no campo da Teologia. 

A Igreja Católica reconheceu até hoje 33 doutores, dentre os quais o tão conhecido e popular Santo Antônio de Lisboa e três mulheres: Santa Catarina de SenaSanta Tereza d'Ávila e Santa Teresinha de Lisieux. Santa Hildegarda de Bingen é a quarta Doutora da Igreja.

IMG_4713

IMG_3949