IMG_4408Embora a Alimentação e a Medicina de Hildegarda de Bingen possuam mais de 800 anos, seus escritos à esse respeito e sua aplicação são profundamente atuais.Para Hildegarda de Bingen, a "cura" do corpo é consequência da "cura" da alma, ou seja, para ela é preciso cuidar do ser humano num todo e não separadamente. 

Hildegarda diz que quando pensamos apenas no aspecto físico, a cura até pode acontecer mas ela será temporária pois o problema principal está na alma - no interior da pessoa - e se esse problema não for resolvido (curado), o problema no aspecto físico (o corpo) tem grandes chances de retornar.

Para que essa cura seja efetiva, Hildegarda de Bingen nos deixou um grande conhecimento medicinal que vai desde o uso de plantas, elixires, tisanas, banhos, massagens, cremes, minerais e pedras preciosas etc até o uso da música como forma de permitir ao indivíduo de se relaxar, meditar, orar, enfim, entrar em unidade consigo e com Deus.

Como foi dito acima, Hildegarda de Bingen leva em consideração todos os aspectos do ser humano como "um todo", sobretudo, o espiritual.

As soluções que Hildegarda recomenda são:

- mudança de alimentação;

- limpeza e purificação do organismo (jejum, detox...);

- utilização dos diversos recursos naturais que a Natureza nos oferece.

Mas como aplicar os conselhos de Santa Hildegarda nos dias atuais?

Para começar, é preciso escolher alimentos de qualidade e de procedência segura.

Em seguida, é preciso organizar-se de maneira à preparar os alimentos com cuidado e atenção, e cozinhá-los com as ervas e condimentos (especiarias) recomendados por Hildegarda.

Vale à pena lembrar que nossa alimentação é 70% de nossa saúde, sendo os outros 30% relacionados ao nosso meio (ar puro, vida na cidade ou no campo etc) e às nossas emoções. É o conjunto de tudo isso em harmonia que nos equilibra e favorece nosso bem-estar e sobretudo, nossa saúde.

Importante: Não se trata de interromper um tratamento alopático bruscamente(para aqueles que estão em tratamento nesse momento) mas tomar consciência da importância da alimentação no processo de cura - e de prevenção - e fazer as mudanças necessárias que contribuirão à um ganho de energia, bem-estar ou restabelecimento da saúde. E também é importante, como aconselha Santa Hildegarda de Bingen, refletir à origem do mal que colaborou  com o desenvolvimento da doença no organismo. Cuide-se por dentroe por fora!

Notas:

1. Em alguns de seus escritos, Hildegarda já mencionava algumas doenças (de nosso século) tais como o câncer, a diabete, as doencas cardio-vasculares, as doenças auto-imunes e até mesmo, as doenças de caráter psicológico;

2. Todo controle, acompanhamento e mudança no tratamento - qualquer que seja - deve ser feito por um medico, terapeuta e/ou profissional de saúde especializado;

3. Os pensamentos colaboram muito tanto com a cura e o restabelecimento da pessoa, assim como, sua piora, no caso de pensamentos destrutivos e negativos. Por isso, Hildegarda aconselha à dominar os pensamentos e guardar consigo somente os que sejam bons, positivos e construtivos.

Fonte: Institut Hildegardien, Vannes, França

IMG_0486